Bolsonaro: ‘Se é para ouvir cada um com problema, não paro mais’

64

O presidente Jair Bolsonaro manteve o comportamento dos últimos dias e deixou o Palácio da Alvorada nesta quarta-feira (15) sem falar com a imprensa.

Na saída da residência oficial, Bolsonaro parou para falar com apoiadores e ouviu pedidos das pessoas que o esperavam. Impaciente, Bolsonaro disse a eles: “pessoal, se eu parar aqui para ouvir cada um com problema, eu não paro mais”.

O mandatário tem o costume de descer do carro e falar com populares sempre que chega e sai da residência oficial. “Senhora, tem que procurar o ministério da Tereza Cristina (ministra da Agricultura)”, aconselhou o presidente a uma mulher que se queixava de invasões em suas propriedades.

Bolsonaro disse para a senhora: “Sei da sua dor”. Ele destacou, entretanto, que não faria nada a respeito de invasões antigas. “Muita terra invadida, de 10 anos, 20 anos, e não sou eu que vou recuperar isso aí”, afirmou. Ele acrescentou que em seu governo houve cinco ocorrências de invasões de terras que foram “resolvidas imediatamente”.

“Pessoal, estou fazendo a minha parte, tá ok?”, afirmou, e, sem deixar um apoiador concluir uma reclamação sobre a falta de asfalto em sua cidade, Bolsonaro se despediu e seguiu para o Palácio do Planalto.