Câmara aprova ampliação de auxílio emergencial para diaristas, manicures e taxistas

117

A Câmara dos Deputados aprovou nessa quinta-feira (16) o projeto de Lei que amplia a lista de categorias que receberão o auxílio emergencial de R$ 600. A proposta inclui, entre outras categorias, catadores de material reciclável, seringueiros, taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativos, manicures, diaristas e pescadores artesanais.

Também será permitido que mães adolescentes recebam o auxílio e que a pessoa provedora de família monoparental receba duas cotas do auxílio emergencial, independentemente do sexo. As famílias com renda familiar mensal per capita de meio salário mínimo ou total de três salários mínimos brutos poderão ter acesso ao dinheiro.

O texto substitutivo do deputado Cezinha de Madureira (PSD-SP) alterou pontos do projeto do Senado e aumentou a lista de trabalhadores informais que terão direito ao auxílio, como vendedores porta a porta, agricultores familiares e esteticistas. Os pescadores artesanais poderão receber o auxílio se não estiver recebendo o seguro defeso. O texto voltará para os senadores.