Moro afirma que democracia e tolerância caminham juntas

33

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou no Twitter neste domingo (3) que “democracia, liberdades – inclusive de expressão e de imprensa – Estado de Direito, integridade e tolerância caminham juntos e não separados.”

O post foi feito por volta das 18h, após o presidente Jair Bolsonaro participar de um ato com apoiadores do governo no início da tarde.

Do lado de dentro do Palácio do Planalto, Bolsonaro saudou os manifestantes que foram ao local após uma carreata. Ao final da manifestação, o presidente afirmou que não vai mais aceitar interferência no Poder Executivo e que nomeará o novo diretor-geral da Polícia Federal nesta segunda (4). As falas do presidente foram transmitidas ao vivo em sua rede social.

“Queremos a independência verdadeira dos Três Poderes. Chega de interferência. Não vamos admitir mais interferência. Acabou a paciência”, disse Bolsonaro na rampa do Palácio do Planalto, abraçado à filha, Laura. Ao final da transmissão, o presidente disse que “não há mais conversa” e que fará cumprir a Constituição, dizendo em seguida que fará a nomeação do cargo de diretor-geral da Polícia Federal.