MP obriga entrega de leitos em hospitais de campanha do Rio

24

O MPRJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) determinou que o Estado e o município do Rio de Janeiro disponibilizem no prazo máximo de dez dias todos os leitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave dos hospitais de campanha do Riocentro (Município e RioSaúde), e do Maracanã (Estado do RJ e Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde- IABAS). O funcionamento dos leitos estava previsto nos planos estadual e municipal.

O MPRJ determina que os leitos devem ser estruturados como todos os recursos materiais e humanos necessários ao seu pleno e imediato funcionamento, sob pena de multa diária e pessoal de R$ 10 mil para cada um dos réus.