Câmara começa a discutir a prorrogação do auxílio emergencial

82

A possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial começou a ser discutida também na Câmara Federal. Líderes partidários se reuniram com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), nesta sexta-feira (22), para debater a pauta da próxima semana. Entre os pontos, os líderes avaliam que um projeto sobre a manutenção da ajuda federal aos trabalhadores informais possa ser construído nas próximas semanas.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse em entrevista nesta semana que tem a impressão de que o auxílio emergencial aos trabalhadores informais e mais vulneráveis poderá ser prorrogado em razão da pandemia da covid-19, mas destacou que é necessário avaliar a origem dos recursos para o seu pagamento.

Pelo cronograma atual, são previstas três parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadore informais e mães solteiras, que recebem o dobro, R$ 1.200. Agora, o governo federal também estuda ampliar o benefício, desde que o pagamento por mês seja menor.